Atualidades Empreendedorismo e Gestão

Mindset, você muda ou o mundo muda você!

Hello Insighter!

Há um tempo atrás ouvia um GV Cast de uma das pessoas que mais me influenciam, o Flávio Augusto da Silva, sobre respeito e reputação e muitas coisas me chamaram à atenção.

Muitas pessoas trabalham, estudam e vivem com a motivação errada e acabam colocando toda a sua frustração de outrora em algumas fugas como se funcionassem tipo soro antiofídico ou, até mesmo, como medida profiláxica. Por exemplo, vou fazer algumas perguntas para você, de forma retórica:

  1. Você estuda? Cursa o que? O que te motivou a fazer esse curso?
  2. Você trabalha? Faz o que ama? O cargo que você ocupa é relevante para você ou você preferiria ganhar mais com menos status?
  3. Você era sinônimo de chacota durante sua infância/adolescência?
  4. Nunca conseguiu ser relevante em absolutamente nada na vida?
  5. Vive uma espécie de frustração e vontade de ser respeitado pelas pessoas?
  6. Precisa de afirmação social e da opinião dos outros para se sentir feliz?
  7. Se acha feio/fora de forma constantemente?
  8. Tinha problemas com os meninos/meninas para arrumar namoradinha(o)?
  9. Se sentia excluído de círculos sociais?
  10. Já pensou em se matar/ficar trancado em casa por alguma das razões acima?

Então, se você respondeu sim para alguma pergunta entre 3 e 10, você provavelmente traz algum trauma da infância/adolescência e sofre alguma espécie de distúrbio pscicológico/emocional de autoafirmação/autoestima. Se o cargo que ocupa é mais importante que a sua entrada financeira/realização pessoal e/ou se o curso que você cursa foi motivado como uma espécia de afogamento de traumas/mágoas… my friend, I’ve got some bad news to you, unfortunately.

Não sei a sua idade, mas independente desse número, gostaria de te dizer que ainda há tempo de ser feliz de fato e não de fachada, mas é preciso uma mudança genuína de mindset (=mentalidade) da sua parte, protagonismo e muita coragem para enfrentar seu maior inimigo: você mesmo.

Posso te assegurar de pé junto que seu cargo de Gerência/Diretoria ou seu diploma de Engenheiro/Médico/Advogado não vai fazer diferença nenhuma na sua vida se você não mudar hoje! Não desmerecendo, mas há muitos analfabetos que vivem com muito pouco, muito mais realizados que você. Pelo simples fato de viverem algo autêntico e genuíno, não baseado na opinião de terceiros. Se você era um adolescente fútil, você vai continuar sendo um profissional fútil e as pessoas vão continuar a ignorar e chacotar toda espécie de opinião vinda de você. Um diploma ou um cargo não muda você. Uma calculadora financeira com um economista tem muito mais sentido do que na mão de um médico, assim como, um bisturi na mão do médico e do chefe de cozinha. Será que você está transformando seu pedaço de papel e sua carteira de tabalho em só mais uma? Será que você está jogando fora todo o tempo/dinheiro investido até então para conseguir seus objetivos?

Insighter, pode ser que sim, mas essa pergunta quem pode responder é somente você e quem pode mudá-la também. Caso você tenha se sentido sem chão, desorientado e precisando de um norte, não hesite em entrar em contato comigo para que eu te ajude: thiagoslopes@thiagoslopes.com.br

A hora é agora, Insighter!

Você também pode gostar
Minha jornada nos EUA
Olimpíadas e Paralimpíadas, such a big deal! Será?

Deixe o seu comentário