Atualidades Empreendedorismo e Gestão English

Shark Fight and a Swordfish aside

Ladies and Gentlemen, ontem recebi a notícia que o maior empresário da história brasileira acabou de comprar uma rede de escolas de inglês, a Cultura Inglesa. Aí gostaria de levar você a refletir um pouco nessa foto: temos JP Lemann com um império de aproximadamente U$28bi e o número 19 mais rico do mundo (Forbes.com) representando a Cultura Inglesa, Flávio Augusto da Silva, recomprou a Wise Up esse ano e Carlos Wizard Martins, que eu soube que ano que vem acaba sua cláusula de no compete e estará voltando ao mercado de idiomas. Quando bati um papo com Wizard no Day1 dia 01/08, o mesmo me deu um conselho: “Não saia desse mercado de inglês. Ele nunca vai morrer e é resistente a qualquer crise.” Quando ouvi isso, jamais imaginara que ele voltaria. Dentre outros empreendimentos, temos o JP com 1/3 das cervejas do mundo (das famosas só não tem a Heineken), Burger King, Tim Hortons, Heinz, Lojas Americans, Submarino, Endeavor, entre outros, o Flávio com o meusucesso.com, Orlando City, Geração de Valor, o Wizard com Mundo Verder, Topper, Rainha, parceria de escolinha de futebol com Ronaldo na China e Taco Bell Brasil. Nessa brincadeira, há mais de U$40bi.

Muitos me questionaram quando eu comecei a empreender no ramo de educação, em especial, na língua inglesa, mas veja bem, na crise todos esses empresários voltando ou começando nesse mercado, será que eles estão realmente errados ou esse negócio realmente é muito bom?

Tenho que confessar que inicialmente fiquei um pouco chocado com a entrada do Lemann e a volta do Wizard, mas por outro lado fiquei muito feliz, pois estaremos iniciando o processo de franchising da American Insight e tenho certeza que para você adquirir uma franquia nossa será muito mais fácil, visto que estamos fazendo o modelo com o melhor custo benefício para você, franqueado, usufruir de todos os benefícios em empreender conosco e também se tornar um milionário.

Sei que a briga é muito grande, mas isso não me amedronta, muito pelo contrário, me dá mais gás ainda para fazer acontecer e tornar a American Insight uma marca nacional e conto com você para fazermos juntos esse sonho acontecer. A propósito, um país onde apenas 3% da população fala inglês, tem muiiiiiiito mercado para ser explorado (aproximadamente 194milhões de pessoas para ainda serem alcançadas). Com recorrência de bebês nascendo, abertura cada vez mais escancarada ao capital estrangeiro, afunilamento da exigência de um inglês melhor, temos certeza que há mercado para todos!

Para finalizar, nessa briga de tubarões, prefiro ser um peixe-espada (o peixe mais rápido do mundo), com alto poder de caça e com a possibilidade de formar um exército bem maior que um de tubarões, pois não é o maior que engole o menor, mas o mais rápido que engole o mais lento!

Empreender para ser feliz e inglês para conseguir sucesso! Esse é meu lema! Vamos pra cima, Insighter!

Você também pode gostar
Sucesso é uma questão de equilíbrio
Um brasileiro fazendo história

Deixe o seu comentário